quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

É preciso ter para dar!


Em nosso último post usando partes do livro que será lançado em dezembro (SIM!),  falaremos sobre como direcionar sua energia para você, e exclusivamente você, pois se formos analisar nossa trajetória nos post’s, veremos que primeiro foi abordado, como fazer escolhas importantes que vão influenciar diretamente na sua forma de pensar, agir e reagir a novos conhecimentos (rede social, parcerias, etc.), depois como identificar seus bloqueios que fazem com que você não enxergue o que deve ser feito, e mude isso para uma evolução dentro das suas expectativas em seu objetivo ou projeto de vida, e agora vamos abordar o que para mim foi uma quebra de paradigma muito, mas muito grande: Eu preciso ter para dar.

Em muitos momentos da minha vida, eu me encontrei na situação de ter alguém em apuros, sejam financeiros, problemas de saúde, ou até mesmo as vezes coisa muito pior, e na grande maioria das vezes, me vi de mãos atadas, sem poder ajudar pessoas que amo, ou pessoas que quero muito bem gratuitamente, e tudo isso porque não tinha as ferramentas certas e necessárias para concluir minha “missão” de ajudar ou amparar alguém.

Em 2009, minha mãe teve um AVC (Acidente vascular cerebral), e foi algo muito impactante na minha vida e de meus familiares, digo que foi na minha vida porque quando ela teve seu acidente, teve que ser levada às pressas para um hospital, tendo convênio, optamos por levar ela no mais próximo que o convênio cobrisse. Ela estava se queixando de dores muito fortes na cabeça, e no primeiro hospital que a levamos, o estúpido do médico disse que era enxaqueca, e que iria receitar um remedinho para aliviar a dor. Deixamos o imbecil falando sozinho e fomos para outros hospitais, até chegar em um que o convênio felizmente cobria e tinha um médico consciente (e conhecedor do curso de medicina que se dispôs a fazer), que imediatamente internou minha mãe, iniciando os procedimentos cirúrgicos. Esse médico que a atendeu disse que se ela demorasse coisa de mais 20 min, com certeza já estaria morta.

Moral da história, muitos não gostam de dinheiro, acham que é a raiz de todos os males, que não traz felicidade, que não lhe dá segurança, que não ajuda em nada... para todos esses eu passo meu email josewilliam@tskf.com.br, me passe um email pedindo os meus dados bancários para que deposite seu dinheiro que não traz nada de bom.

Minha mãe poderia ter morrido só pelo fato de eu não ter condições financeiras de leva-la onde eu tinha certeza de que ela seria tratada com toda a realeza que merece, afinal ela é a minha mãe, se eu não tinha condições antes, hoje tenho, de cuidar dela, e da minha família toda, se sofrerem algo não vai ser pelo fato de eu não poder dar do bom e do melhor para todos eles que me educaram e desenvolveram meu caráter.

Lair Ribeiro sabiamente fala em seus discursos e obras escritas: “Quem tem o sucesso financeiro, não tem o problema com dinheiro, ou seja, tem mais tempo  e mente sã, para se preocupar com coisas mais importantes!”. O leitor deve estar se nessa hora afirmando: “Então ele luta pelo sucesso para cuidar de seus familiares...”, respondo com todas as letras : NÃO!, hoje luto pelo meu sucesso apenas pelo fato de querer ser melhor do que já sou, pelo fato de ter o que eu quiser ter, na quantidade em que eu quiser ter, desde conhecimento até poder, produtos, bens e qualquer outra coisa, por tabela, todos que amo e que me rodeiam (afinal só me coloco no meio dos que amo e que me fazem bem) gozaram da minha felicidade e de tudo que eu conquistar, porque é dando que se recebe, já dizia São Francisco de Assis em oração. E para conseguir tudo isso é muito simples, só não é fácil. A torneira que você abre na sua casa permite que a água que para você chegou, escorra pelo ralo, passe pelo cano, vá para o esgoto, que vai para o rio, que desemboca no mar, ou seja, da água para a água, como o Mestre Gabriel incansavelmente nesses 16 anos vem nos ensinando, “Excelência é um estado de espírito”, o passarinho canta porque ele canta, a riqueza material vem só para quem é rico espiritual e material, observe se o que estou falando não é verdade, veja alguém muito feliz, quanto mais feliz essa pessoa está, mais felicidade ela encontra no seu caminho, quanto mais triste a pessoa se coloca, mais desgraças acontecem com ela... Não sei se você, que leu tudo isso que escrevi vai fazer, mas eu vivo em estado de Excelência, com certeza, é só uma questão de tempo para o que minha mente criou se materializar. E você, já alimentou seu sonho hoje? Qual é o tamanho da sua fome pelo sucesso? Até onde você quer chegar? Direcione sua energia/sentimento/sonho para aquilo que você quer e nos encontraremos nas estrelas!

Um forte abraço
Em dezembro lançaremos o SIM! (aguardem)

Aproveite a grande oportunidade de aprendizado que teremos na convenção!

Groselha na gente!!!