quarta-feira, 23 de abril de 2014

#Conquest 08 - Respect

(Respeito)

Existem várias formas de se classificar as coisas em nosso mundo. Algumas delas podem ser associadas ao número três:

+ Uma democracia só pode existir a partir de três pessoas reunidas, para uma decisão em grupo.
+ Grande parte das religiões usa três figuras centrais.
+ A Física usa isso no estudo da Eletricidade (positivo, negativo e neutro).

Neste episódio de #Conquest, vamos falar sobre o Respeito associado aos três elementos comuns do tempo, aplicados no Kung Fu: Passado, Presente e Futuro.

Passado
Ao atingir a faixa Marrom, o aluno atinge o que considero a última etapa da fase "intermediária" em nossa escola. Ele está numa posição onde dará o passo para se tornar um aluno avançado e isso deve acontecer respeitando o passado, sendo este passado as técnicas passadas, o treino passado.

Não é apenas porque ele está pronto para seguir em frente, que ele deve deixar de treinar o que está atrás. Praticar a postura do Cavalo, aprendida no primeiro dia de aula, deve ser uma constante para um faixa Marrom, como demonstrado por nosso personagem ao praticar o Básico de Lança. E isso é apenas um exemplo. As flexões, as abdominais, tudo deve ser respeitado e praticado nas aulas como a mesma determinação do início do treino, do Passado.

Isso não significa que devemos carregar o Passado de forma imutável conosco, mas que devemos respeitar as lições deste passado e trazê-las para o Presente, como uma forma de evolução. Por isso mesmo, esperamos que um faixa Marrom execute técnicas antigas com uma qualidade renovada pela Experiência e Respeito.

Presente
O Respeito pelo Presente surge no empenho dado à prática da faixa Marrom em si. Há um significativo salto em termos técnicos e físicos no conjunto de matérias desta fase e é importante o aluno Respeitar este novo momento. Aqui, o Respeito assume uma forma similar ao do compromisso.

Se o aluno se comprometer com o Presente e incluir seu Kung Fu conquistado neste Presente, ele irá evoluir e continuar seu desenvolvimento. Mas se ele desrespeitar o compromisso com seu treino, ele terá o status de "aluno graduado", mas no fundo, ele não será. Ele saberá disso em seu interior e isso transparecerá aos demais. Será apenas um aluno com um "status vazio."

O Respeito ao Presente significa assumir a postura de "Em construção" e cuidar para seu desenvolvimento técnico e físico, explorando tudo o que este Presente pode trazer. Significa manter a atenção e não se desviar do bom caminho que o trouxe até este momento.

Futuro
A faixa Preta está próxima, muito próxima. E a pavimentação do caminho para ela se intensifica na faixa Marrom. O exaustivo Básico de Lança ajuda a construir um corpo mais forte para o desafio futuro. O estudo dedicado aos Toi Tchas de Tam Tuei e Pam Pou Kiu permitem trabalhar a percepção corporal de uma forma totalmente nova e desafiadora.

As ferramentas estão dadas, basta o aluno tomar a decisão de caminhar para o futuro.

E sonhar. Sonhar também faz parte do Kung Fu. Sonhar em evoluir e fazer por merecer seguir em frente, rumo ao Futuro e tudo o que ele promete. É preciso também respeitar o Sonho.

Cada repetição de uma sequência, cada execução de uma forma são como os tijolos que pavimentarão a estrada. Se esta estrada for construída com o devido Respeito, será bem pavimentada e alinhada. Se o Respeito faltar, existirão buracos, falhas, irregularidades que podem até levar ao destino. Mas será com a qualidade esperada?
Danillo Cocenzo - TSKF Barro Preto


www.tskf.com.br/academias