terça-feira, 1 de novembro de 2011

Meio e Mensagem

Há cerca de 3 anos eu estava preparando meu discurso para a inauguração da TSKF Consolação. Eu me lembro que, na época, usei como referência alguns discursos do célebre Winston Churchill e do então candidato à presidência dos EUA, Barack Obama. Pessoalmente fiquei muito satisfeito com o resultado e havia decidido que eu leria o discurso  na inauguração, afinal, era minha primeira unidade e gostaria de fazer tudo bem certinho.

Tive o privilégio de falar meu texto e passar a palavra para o então, "apenas" Shifu Gabriel (o título de Mestre veio no ano seguinte, pela TWKSF). Neste momento percebi que ainda tinha muito feijão para comer antes de ser capaz de falar em público da maneira adequada para um instrutor TSKF.

Mestre Gabriel começou dizendo que tinha apreciado muito minhas palavras e que estava contente por eu poder me juntar ao grupo de sócios da TSKF. Mas ele, por outro lado, lamentava não poder preparar palavras com o mesmo cuidado que eu havia tido. Mantendo-se fiel ao seu estilo ele preferia manifestar os sentimentos que estavam em seu coração a respeito de mais uma vitória não dele, mas de seus alunos.

Ele começou então a falar a respeito de como foi o começo da TSKF, o começo de sua vida como empresário de Kung Fu, seus treinos e desafios. Falou também à respeito de cada um dos sócios, relembrando tudo o que tínhamos passado para chegar ali e todos os desafios e conquistas que teríamos pela frente.

As pessoas que convivem comigo intimamente sabem que chorei poucas vezes ao longo da minha vida adulta. Este dia foi um deles, ao ouvir o Mestre Gabriel. As palavras dele me inspiraram a provocar mudanças profundas em minha vida e continuam a me inspirar a mudar cada vez mais coisas em todos os campos.

Refletindo sobre isso três anos depois, percebo que dei uma importância muito maior para o meio (as palavras que escolhi para dizer ao público). Tecnicamente, creio que foi um bom discurso e claro que havia sentimento nele. Mas eles ficaram ofuscados por palavras bonitas, conjugações corretas e adjetivos ilustres.

No outro extremo, vi o Mestre Gabriel totalmente focado na mensagem. Contando histórias, ensinando através de exemplos, mostrando que é um homem como muitos outros, mas com um sonho tão forte e grande que funciona como um combustível interminável para realizar seus objetivos, além de ajudar outras pessoas a conquistarem seus próprios sonhos.

Neste final de semana, a TSKF Consolação comemorará três anos e 200 pessoas terão uma nova oportunidade de ouvirem um pouco do nosso Mestre a respeito do Kung Fu e de sonhos. Não é sempre que temos a chance de aprender sobre Kung Fu com uma pessoa deste calibre.

Às vezes acabamos por escutar pessoas que nada tem a ver com o nosso Kung Fu e o pior, damos ouvidos à estas pessoas. Isso me lembra uma frase dita por Warren Buffet:

“Wall Street é o único lugar para onde se vai de Rolls-Royce pedir conselhos a pessoas que andam de metrô.”

Mas neste final de semana, poderemos escutar uma pessoa que é a referência em seu meio falar a respeito deste meio. Sem dúvida será uma maneira formidável de comemorar três anos de uma unidade fabulosa como a TSKF Consolação.