sexta-feira, 15 de maio de 2015

Segredos dos Objetivos e Metas

Hoje em dia as pessoas têm muitos objetivos e metas. Elas estudam anos e anos para alcançar um objetivo: ser médico, advogado, designer, psicólogo, etc. Todos temos objetivos, e procuramos alcançá-los o mais rápido possível: Se queremos um carro, queremos pra ontem. Se queremos casar, queremos pra ontem (alguns querem pra bem depois). Mas não adianta correr para realizar seus objetivos. Lembre-se: tudo tem seu tempo. E no Kung Fu? Será que podemos ter Objetivos? Ter Metas? Sim, e é sobre isso que eu quero falar com vocês.

Quando vou falar com um cliente que fez aula experimental conosco, eu pergunto qual o objetivo dele no Kung Fu. Algumas pessoas me falam que é para ter mais disciplina, outras para emagrecer e outras falam que querem controlar mais sua raiva. Cada pessoa tem um objetivo diferente, mas como podemos transportar isso para os treinos diários? Como podemos colocar nossos objetivos para tornar nossos treinos mais proveitosos? Vamos pensar em uma pessoa que tem o objetivo de virar faixa preta. Esse é objetivo dela no Kung Fu, e é um objetivo de Longo Prazo. Mas o que ela tem que fazer nos treinos para poder chegar mais perto desse objetivo? Primeiro: ela tem quebrar esse objetivo em várias partes. Mas por quê?

Se ela possui apenas o objetivo de ser Faixa Preta, que demora no mínimo 4 anos, uma hora ou outra ela vai desanimar. Agora, se ela quebrar esse objetivo em metas, fica mais fácil. Por exemplo: onde ela tem que estar antes da faixa preta? Na ponta-preta. E antes da ponta-preta? Na Marrom. E assim por diante. Aqui já conseguimos colocar algumas metas, alguns passos antes do objetivo, que é virar Faixa Preta. Podemos observar que já ficou mais fácil, já sabemos quais passos devemos dar antes de virar Faixa Preta. Agora vejamos: o que ela tem que fazer para chegar na Faixa Amarela? Primeiro ela tem que aprender as Posturas Básicas, depois o Básico de Socos e assim por diante. Aqui conseguimos quebrar mais ainda o objetivo. Com todas essas pequenas metas, o aluno já tem alguns motivos para render ainda mais no seu treino.

E no Campeonato de Kung Fu? Quando você participa de um campeonato, você tem um objetivo em mente. Uns têm como objetivo ganhar a medalha de ouro, outros têm como objetivo terminar o Taolu sem esquecer nenhum movimento e por aí vai. Seja qual for o objetivo, temos que ter as metas, saber por onde começar e o que fazer a cada treino. Lembro-me que, em 2011, quando participei de um Campeonato de Kung Fu em Baltimore, eu tinha como objetivo ser o melhor nas categorias que eu concorria, mas para isso eu tinha que treinar muito, mas muito mesmo. Eu tinha mais ou menos 5 meses para treinar, e iria competir em 5 categorias na ocasião. Tinha semanas que eu treinava só as coreografias com armas, em outras semanas, só as coreografias de mãos e, dia sim dia não, eu treinava o meu físico, pois eu sabia que para me sair bem eu tinha que estar com o meu corpo o mais forte possível. O resultado disso tudo? Atingi o meu objetivo.

Seguindo essa linha de raciocínio, vamos pensar um pouco mais, falemos agora sobre o exame de faixa: quando decidimos que vamos fazer o exame para alguma faixa já temos um objetivo, a faixa seguinte. Se temos o objetivo pronto, agora temos que quebrá-lo em várias partes para ficar mais fácil de alcançá-lo. Por exemplo: Um jogador de Futebol não participa apenas dos jogos do seu time. Durante a semana ele treina o seu físico, treina suas habilidades junto com a equipe e estuda as táticas do seu time e do time adversário. Existe toda uma preparação para o jogo, não é apenas chegar no dia, chutar a bola, correr e depois ir embora. Percebe que existe todo um cronograma para que o atleta se prepare para o jogo? Por que seria diferente dos seus treinos? Dr. Lair Ribeiro dá um exemplo fantástico sobre metas: “É igual comer um salame; se eu lhe der um salame todo você não quer comê-lo. Se eu cortar em pequenas fatias, e você vai conversando e tomando uma cerveja, você acaba comendo a metade do salame sem sentir.”

Por tudo que foi dito até agora, tenha em mente quais objetivos você quer alcançar no Kung fu e, a partir dele, começar a traçar as suas metas.  E lembre-se: o seu objetivo não precisa ser igual ao de todo mundo. Ele precisa ser aquele objetivo que te motive a continuar traçando as suas metas e alcançando-as.

Obrigado e até a próxima!

TSKF Padre Eustáquio