domingo, 22 de julho de 2012

O sonho de Jiao Li - Parte III



################################################
Se você ainda não leu a Parte I, pode ler aqui.
Se você ainda não leu a Parte II, pode ler aqui.
################################################

O sonho novamente mudou e era madrugada. O dia havia terminado, a noite se seguia e um novo dia se anunciava. Mas Jiao Li estava contemplando o céu estrelado. Tudo foi resolvido com a vila e com seu grupo e uma aparente tranquilidade voltou a reinar. Mas Bao Cheng avisou que queria conversar com ele após o café da manhã deste novo dia...Isso foi o suficiente para que o sono lhe fugisse.

No início da Hora do Coelho, ele viu uma movimentação em um espaço entre as tendas. Com medo de se tratar de novas surpresas, foi rápido e sorrateiro até o local, apenas para constatar que era o cozinheiro que já estava de pé, começando a mexer em seus utensílios, preparando o desjejum de todos.

Jiao Li achou estranho, pois se lembrou que autorizou o cozinheiro a levantar-se apenas na Hora do Dragão e ele estava ali, justamente ignorando a ordem que traria à ele mais descanso. Intrigado, Jiao Li se aproximou do cozinheiro e o cumprimentou...

_Oh! Bom dia meu senhor! _respondeu o cozinheiro_ Já de pé? Espero que não esteja passando mal ou qualquer coisa assim. Há algo que eu possa fazer para o senhor? Está com fome?

_Não não, caro cozinheiro. Mas sua atitude me chamou a atenção...Eu havia dado uma ordem informando que poderia acordar mais tarde e, portanto, estar mais descansado para o dia. Por qual motivo decidiu não segui-la?

Jogando-se de joelhos à frente de Jiao Li, ele respondeu:

_Peço perdão, Capitão! Por favor, não foi minha intenção desrespeitá-lo!

_Acalme-se homem! Não vou puní-lo. Só quero saber o que o motivou a agir assim...

_Obrigado, meu bom líder!! Na verdade eu tenho horário bem disciplinado e, como não costumo beber ou jogar à noite com os demais rapazes, me recolho cedo para dormir. Assim, criei o hábito de acordar cedo naturalmente. Mas...bem...

_Diga homem! Fale de uma vez!

Falando apressado pelo nervosismo, o cozinheiro continuou:

_Me desculpe senhor, mas ficar mais um longo período na cama, não me pareceu algo agradável, pois quero muito evoluir para um dia deixar a cozinha e me tornar um soldado, esse é meu grande sonho!! Como o senhor um dia foi! Então eu resolvi continuar acordando no mesmo horário e, após deixar o café da manhã pronto para todos, vou treinar meu Kung Fu, pois sei que se não me aprimorar muito nunca terei uma chance. Pois a Sorte apenas sorri para aqueles que se preparam para ela, não?

Jiao Li ficou emocionado, pois descobriu na simplicidade daquele cozinheiro, um homem que abria mão do descanso para buscar um Sonho! E o Sonho deste homem era "apenas" ser o que ele já foi e lamentava: um soldado. Pensou então que poderia ajudá-lo em seu Sonho...

_Qual o seu nome, cozinheiro? Talvez eu possa ajudá-lo...

_É Bao Cheng, meu senhor.

Incrédulo, Jiao Li custava a acreditar que o cozinheiro e o general tinham o mesmo nome!

Neste momento, Jiao Li estava de volta à sua tenda, mais uma vez como um simples soldado. O sonho acabara e ele havia acordado para mais um dia como soldado.

Será que Jiao Li continuaria sendo o mesmo soldado a partir de hoje?

Ou ele perceberia que apenas o firme Compromisso, a Disciplina constante e um Fogo tal qual o da forja, quente e eterno, seriam capazes de levá-lo ao Triunfo que tanto aspirava?