terça-feira, 16 de agosto de 2011

Forja

Então, meu caro, vamos repassar o tratamento dos metais para forjarmos as espadas dos clientes:

Você pode usar dois tipos de fogo para tratar o metal, o mais forte e o mais brando. Claro que forte ou brando depende de cada um. No meu caso, tenho mais de 30 anos nesta profissão, meus dedos são chamuscados e a pele, grossa pelos longos dias de trabalho. Meu fogo forte pode não ser o mesmo do seu, ainda não habituado com as horas extras do final de semana, quando cortamos a lenha para preparar nossos estoque que serão usados ao longo da semana. Mas não se preocupe com isso...apenas faça o melhor que puder, tenho certeza que você se sairá muito bem e tenho certeza que irá evoluir com o tempo. Essa confiança no seu crescimento em direcão ao seu sonho é que me permite aceitá-lo como meu aprendiz.

Voltando à questão dos metais: usar o fogo forte permitirá ganhar tempo e moldar metais mais difíceis e resistentes à mudança. Mas nem tudo é simples: o fogo muito forte para o metal errado fará com que o metal se perca e não sirva mais para ser usado nem para fazer um garfo. Por isso, tempo e treino o tornarão apto a identificar quando usar o fogo forte no metal certo.

Agora, ao fogo brando. Alguns metais são mais frágeis. Outros metais são muito fortes, mas têm o seu próprio tempo de desenvolvimento no fogo para se tornarem maleáveis para o que queremos. Nestes casos, devemos usar o fogo brando por um longo período de tempo. Paciência e esforço contínuo em alimentar o fogo na medida certa é o que deve ser feito para se obter uma lâmina bela e afiada.

Não caia no engodo de acreditar que apenas as armas forjadas pelo fogo forte é que são as melhores. Eventualmente, um punhal bem feito pode ser muito mais decisivo que um sabre.

Com isso, podemos ver que na nossa profissão, não basta ter um braço forte, mas saber identificar e perceber como o metal pode ser moldado, de acordo com a expectativa de seu cliente.

Fogo e metal são nossos ingredientes diretos. Nossa vontade e dedicação também entrariam na receita, mas se eu precisasse te dizer que essas duas coisas devem entrar, significaria que você ainda não está pronto para ser aprendiz.