segunda-feira, 11 de outubro de 2010

I amar prestar aen

Neste final de semana tivemos mais uma rodada de exames na Matriz. Além disso, atendento aos pedidos da minha patroa, assistimos novamente a trilogia de "O Senhor dos Anéis", todos na versão extendida.

Ok, ok, sei que são fatos aparentemente que nada têm em comum...Mas algo me chamou a atenção no final do último filme, "O Retorno do Rei"...e não foi a Liv Tyler.

NOTA IMPORTANTE: SE VOCÊ NÃO ASSISTIU O FILME E/OU LEU O LIVRO, ABAIXO CONTÉM SPOILER! (mas quem não viu ainda???)

Após a destruição do Anel, ainda ao pé da Montanha da Perdição, é possível ver um Frodo extremamente aliviado. Naquele momento, ele estava com sede, fome, passando um calor absurdo, com as vias respiratórias quase bloqueadas por cinzas e poeira e sem banho (eca). Ainda assim, ele estava aliviado. Tudo pelo fato de ter cumprido sua missão. Ainda em Valfenda (no primeiro filme), ele havia assumido o compromisso e dado a sua palavra que levaria o Anel para ser destruído e assim o fez. Ele concluiu algo que começou.

Cada um em sua aventura, todos os alunos que fizeram o exame de faixa concluíram mais uma missão. Esta missão cumprida levou à uma nova: para alguns amadurecer as técnicas com total foco e para outros começar uma nova etapa da jornada dentro do Kung Fu.

Mas outra cena me chamou bastante a atenção no mesmo final do filme. Quando o grupo estava nos Portos Cinzentos, onde Bilbo, Gandalf, Galadriel, Celeborn e Elrond partiriam para Valinor, surpreendentemente Frodo também informa que vai partir.

Meio que se explicando para os demais hobbits, ele diz algo parecido com "Não tinha como voltar para casa e retomar as coisas como eram/fazer as coisas do mesmo jeito." Isso justifica o ar melancólico que ele mostra durante seu tempo no Condado, após voltar da aventura.

Seguindo o paralelo, quando eu vejo os alunos voltando do exame, raramente eles voltam da mesma forma. Sempre voltam melhores do que foram, independente de terem passado, independente da faixa nova. A experiência e a provação que é somada ao currículo deles fazem com que se tornem pessoas maiores e melhores dentro da academia.

E sábio é aquele que procura transbordar esta mudança para toda a sua vida.

Ah! O nome do post? Em sindarin (língua dos elfos), só para manter o clima...