segunda-feira, 5 de abril de 2010

Qual a importância de participar de campeonatos?

Toda importância. Nenhuma importância. Depende do objetivo de cada professor, escola e aluno, separadamente e em conjunto.

Pensando como aluno primeiro...Gosto de participar de campeonatos pq ele serve para eu me testar. Gosto da idéia de testar meu autocontrole, domínio corporal, determinação, técnica, etc, etc. em um ambiente diferente da academia. Poderia fazer a mesma coisa na academia, com ligeiras adaptações? Sem dúvida! Mas é importante sair de uma "zona de conforto" e ver se continuo com a performance que tinha até então.

Uma vez eu vi em algum lugar que participar deste tipo de evento é uma jornada de autodescobrimento. Achei algo muito verdadeiro. Nos primeiros campeonatos que participei, saia do Lei Tai ou da área de Formas e nem conseguia lembrar de nada do que tinha feito, foi como se outra pessoa tivesse feito tudo no meu lugar e eu tivesse ficado do lado de fora, de olhos fechados. Passou um tempo, e mais campeonatos depois, comecei a me perceber fazendo as coisas. Hoje consigo usar o que descubro nas competições para melhorar nos pontos deficientes e fortalecer o que foi bem feito.

Outro aspecto que gosto de aproveitar nas minhas competições é me comparar com os outros! Sim, quero saber se sou melhor ou pior que o outro cara. Ainda assim, não tenho a pretensão de ficar me comparando com pessoas de outras academias. No caso deles, apenas aprecio o show que eles apresentam. Gosto mesmo é de me comparar com o pessoal da própria TSKF. Estudar como eles fazem determinado movimento, posicionamento dos pés e por aí vai. Quero vencê-los e sei que vou precisar evoluir muito em cada evento para conseguir isso. Utopia? Bem provável. Mas é uma fonte de combustível que encontrei para manter sempre minha motivação em alta nisso. Tenho muita consciência de como é a competição de um tiozinho de 32 anos (quase 33) x um jovem de 19 anos. Claro que isso não me impede de me divertir com o assunto.

Para fechar esta visão, há ainda o aspecto social da coisa. Devido à rotina diária, vejo pouco alguns caras formidáveis da TSKF e também de fora. Os campeonatos me permitem encontrar estas pessoas, ouvir e aprender algo, além de fortalecer relacionamentos. Considero importante participar da comunidade de Kung Fu. Como fazer algo e não se envolver com isso? É como ser piloto de F1, ter a Super Licença e só andar de kart com os amigos no final de ano.