sábado, 6 de março de 2010

O que é ser Tradicional?

Há alguns anos já havia enviado um texto do grão Mestre Frank Yee a respeito do que é ser tradicional em no Kung Fu para os instrutores da TSKF.
Nesse texto tentarei explicar alguns conceitos de tradicionalismo com minhas próprias palavras baseados no pouco conhecimento que adquiri.
Muitas pessoas acusam as escolas de não serem tradicionais, inclusive a TSKF. Mas essas pessoas sabem o que é ser tradicional?
Ser tradicional é seguir um caminho, ficar no que foi construído. Para a pessoa ser tradicional é ficar no que você está.
Tradições podem ser construídos a qualquer tempo. Como as escolas como a TSKF e seus alunos estão fazendo, construindo uma tradição.
Vamos a alguns exemplos. Alguns podem não saber, mas a famosa escola de Kung Fu Wah Lum do grão Mestre Chan Pui não tem mais do que 2 gerações e é considerado por todos como um estilo tradicional, ao misturar técnicas de louva-a- Deus com Tam tui.
Mais perto da nossa realidade o Jiu Jitsu Brasileiro é o exemplo mais recente do reconhecimento do tradicionalismo. Mesmo não sendo a arte marcial de seu país de origem. Tal arte marcial demonstrou o empenho de seus fundadores e perdura através de seus representantes e sucessores. Isso é importante em uma escola tradicional, que seus sucessores mantenham seu legado. Sem isso não há tradicionalismo. Sem isso a arte morre.
No âmbito pessoal o indivíduo que treina arte marcial tradicional é aquela que continua no que está. Isso é ser tradicional. Segundo o grão Mestre Frank Yee, Muitas pessoas treinam um pouco de um estilo, não vêm essência e vão pulando de estilo em estilo. Ao final do seu caminho marcial não aprendeu nada profundamente. Sabe só a superfície de cada estilo marcial.
Pior é aquele que aprende um pouco de cada estilo e diz expert naquilo que aprendeu. Será mesmo que essa pessoa é tradicional só porque aprendeu “Estilos Tradicionais”? É preciso permanecer e aprender a essência da sua escola.
Tradicionalismo não tem tempo para começar, ser tradicional é aprender e carregar o legado de seu Estilo, no caso específico o Estilo TSKF.