sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Metas e Estresse

Com a abertura das inscrições do Brazil International Kung Fu Tournament 2010 abertas, muitos devem pensar se devem "entrar neste barco ou não". Deixe-me explicar um das muitas vantagens que alguém tem ao participar de um campeonato deste porte.

O ser humano é movido por metas. Ainda quando crianças, temos a meta de "passar de ano" na escola. Quando começamos a trabalhar, temos metas no trabalho. Ao fazer um curso, temos a meta de aprender um determinado conhecimento ou habilidade. Enfim, sempre estamos com metas para cumprir.

Metas, na sua grande maioria das vezes, geram estresse. O aluno que estuda até altas horas para uma prova no dia seguinte ou o profissional que vira 12 (ou até mais) horas no escritório estão sujeitos à um estresse para atingir uma meta. Se vc falhar em atingir a meta, pode se dar mal inclusive. Repetir de ano ou até mesmo perder o emprego são algumas das situações comuns de nosso dia a dia em torno de falhas com metas, o que gera ainda mais estresse.

Agora, dentro do Kung Fu/Tai Chi Chuan, as palavras "estresse" e "metas" tem um propósito muito, muito diferente.

Em seu primeiro dia da academia, vc vai aprender a postura do Cavalo e, provavelmente, o Gato e o Arco e Flecha. São as nossas Posturas Básicas. Provavelmente vc é uma pessoa que iniciou seu treino sem estar 100% habituado ao esforço exigido em suas pernas e pés para realizar os movimentos e isso é absolutamente normal. Qual o resultado no final do dia? Bem, vc provavelmente estará contente em ter começado o seu Kung Fu/Tai Chi Chuan e seus músculos estarão um pouco (talvez muito) doloridos.

Este "dolorido" que é muitíssimo comum, nada mais é que o nosso já citado estresse. Seu corpo passou por um esforço que exigiu muito da capacidade dele, portanto "se estressou" e manifesta isso através da dor muscular. Mas aí entra a parte mais interessante...

Ao se recuperar, pulando um dia do treino, dormindo e se alimentando, seu corpo vai parar de manifestar esta dor muscular e na próxima aula (ou talvez algumas semanas depois) vc vai fazer os mesmos movimentos sem sentir a velha e conhecida dor muscular. Seus músculos se "estressaram" e como consequência disso se desenvolveram para serem ainda mais fortes frente ao desafio que vc impôs a eles.

Agora, imagine passar por este bom estresse com uma meta ainda mais clara, como participar do campeonato. Seu corpo terá uma série de desenvolvimentos novos em virtude desta meta. Ele irá se tornar mais ágil, flexível, forte e resistente enquanto sua mente se prepara para atingir a meta, que é clara, precisa e permite um planejamento prévio.

E esta meta não precisa ser tornar-se o Grande Campeão de uma categoria. Estamos falando de um campeonato de Kung Fu, não das Olimpíadas. Temos muitos alunos em que o simples fato de particiar do campeonato já representa um desafio fantástico, pois marca uma superação individual enorme. E confesso que é muito mais gostoso ver o sorriso destes alunos após competirem, pois eles venceram um oponente fortíssimo. Eles próprios.

O Campeoanto está aí para que procura uma boa Meta e converter o "mau estresse" em "bom estresse". Qual dos dois vc quer ter no seu dia a dia?