quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

A Fórmula da Malhação

Muita gente me pergunta, e se pergunta, se existe uma fórmula perfeita para a malhação, para o fitness. Além de conversar com pessoas envolvidas com artes marciais, costumo conversar também com os runners, pessoas que usam a corrida como esporte. Fiz até um vídeo recente com meu pai, um runner maratonista, que você pode ver aqui. Neste vídeo falamos sobre alguns paralelos entre o Kung Fu e a corrida.

Fitness Formula

Não vou aqui entrar em detalhes do bio ritmo de cada um, pois não se espera que alguém de 60 anos busque ter o mesmo fitness de alguém de 18 anos. Cada um tem seu ritmo, que precisa ser respeitado!

E é aqui que entra uma fórmula curiosa: existem incontáveis abordagens para a malhação de cada um. É body-isso, body-aquilo, cross-não-sei-o-que, cycle-alguma-coisa. Sempre há alguma novidade acontecendo periodicamente e, vou ser sincero: não há nada errado nisso. As academias tem que dar o que os clientes procuram e apreciam.

Mas esse modismo não é estranho? Sem falar nas imagens. Homens musculosos, mas não tanto para não ter o exagero que a grande maioria das mulheres prefere e o cara médio sabe que é atingível. Mulheres magras, saradas que conseguem manter o cabelo impecável, mesmo mais suadas que um pessoa de sobretudo no meio do deserto do Saara.

Importante dizer que não tenho absolutamente nada contra caras musculosos (ou não) e mulheres magras e saradas (ou não). Voltamos no ponto do bio ritmo de cada um, que sempre deve ser respeitado, exatamente como eu disse acima.

Se a pessoa está feliz neste contexto e está tendo os resultados que gostaria, lentos ou não, ótimo! Estar em movimento é algo fundamental para evitar o mal do nosso tempo, que cobri em um vídeo anterior que você pode ver aqui.

No entanto, esse contexto me faz admirar ainda mais o Kung Fu. Em meus anos treinando sob supervisão do Mestre Gabriel, o Kung Fu continua o mesmo! E é este mistério que eu gostaria que as pessoas "de fora" vissem:

Apesar do Kung Fu ser o mesmo ao longo de tantos anos, sempre há algo novo a ser visto, a ser descoberto em uma técnica que você já conhece. Da mesma forma, a vastidão de conhecimento do Kung Fu sempre reserva um novo aprendizado de algo inédito, seja um movimento, seja uma teoria, seja uma pessoa que o Universo coloca diante de nós.

Por mais que o Kung Fu seja sempre Kung Fu, ele sempre oferecerá desafios e novidades para seu praticante, independente do tempo de prática.

ESSA é a grande fórmula que não se consegue copiar pelas academias de musculação: reinventar e melhorar tudo o tempo todo (atendimento, gestão, relacionamento) mas manter o centro (o Kung Fu) sólido e constante na passagem do tempo.

E se você quiser saber mais sobre como o Kung Fu mantém essa vivacidade após tantos anos, acesse o nosso site e descubra: www.tskf.com.br

www.tskf.com.br/academias