terça-feira, 8 de setembro de 2015

Como desenvolver a Postura Marcial

Todos nós já ouvimos alguma vez, do Mestre ou de nosso instrutor, que faixa serve para segurar as calças, mas provavelmente já ouvimos também que certa postura não é coisa de um graduado. Afinal, o que podemos aprender dessas duas lições?

Treinamos Kung Fu para nos desenvolver, para nos superar, seja isso emocionalmente ganhando mais autoconfiança e autocontrole, seja desenvolvendo meu físico para ter mais fôlego e mais disposição, sempre estamos em busca de evolução. Sem a evolução necessária a faixa não passa de um pedaço de pano segurando as calças, em contra partida quando consigo evoluir a mim mesmo através dos exercícios marciais e da orientação de meu Shifu ou instrutor, a faixa passa a ser um símbolo da minha própria superação. 

Como já descrito no “Di Zi Gui – O Livro Negro das Artes Marciais” os mais novos de treino devem respeitar os graduados não pelas cores de suas faixas, mas em reconhecimento de seus esforços por já terem trilhado o caminho em que se encontram. A postura de um graduado por sua vez não deve tornar-se arrogante, lembre-se que a faixa não te da nenhum super poder, você chegou a onde está com esforço e humildade e somente com esforço e humildade você será capaz de continuar evoluindo. 

Quando pensamos em evoluir, pouco importa a cor de nossa faixa e sim o quanto estamos nos desenvolvendo, o quanto já nos superamos. Assuma a responsabilidade por sua evolução sem se preocupar em quando vai mudar de faixa ou em acompanhar seus amigos em suas graduações, cada um tem seu próprio tempo mesmo quando caminhamos juntos. Lembre-se que Kung Fu não é só chute e soco e que de nada adianta colecionar taolus (katis) sem desenvolvimento ético (Wu De).

Esforce-se ao seu máximo, evolua e se desenvolva pois ai a graduação será mero reconhecimento. 

Bons treinos!

Você pode encontrar mais referencias sobre o uso de faixas no post: “As faixas e graduações no Kung Fu.

www.tskf.com.br/academias